4 de novembro de 2013

Filme: Gravidade


Provavelmente esse filme já saiu de cartaz, mas nem assim vou dar spoiler porque sou alguém legal. Então se essa era sua desculpa para não ler, melhor pensar rápido e arrumar outra!



 Matt Kowalski (George Clooney) é um astronauta experiente que está em missão de conserto ao telescópio Hubble juntamente com a doutora Ryan Stone (Sandra Bullock). Ambos são surpreendidos por uma chuva de destroços decorrente da destruição de um satélite por um míssil russo, que faz com que sejam jogados no espaço sideral. Sem qualquer apoio da base terrestre da NASA, eles precisam encontrar um meio de sobreviver em meio a um ambiente completamente inóspito para a vida humana.
 O universo é hostil. Sem oxigênio, sem som, no vácuo, ele não oferece a menor condição de sobrevivência à vida humana caso esteja fora deste planeta azul chamado Terra. Foi exatamente com este cenário em mente, de desconforto e do risco constante, que o diretor Alfonso Cuarón conceituou Gravidade
  Um filme que impressiona pela ousadia, tanto de narrativa quanto estética, sem jamais deixar de lado o clima de tensão.
  Eu e meu namorado estávamos esperando um tempo para estrear, mas tudo o que eu sabia sobre o filme era que uma equipe tinha sido mandada para o espaço e que enfrentavam problemas para sair de lá. Sim, me atirem suas pedras: imaginei guerras espaciais e aquela adrenalina que esperamos de toda sobrevivência no cinema, mas eu não poderia estar mais errada. 
  Gravidade tem sim muito de sobrevivência - na verdade, é disso - mas a adrenalina de quem gosta de filmes de ação vai lá embaixo. Sem grandes guerras ou lasers que fritariam sua cabeça, o filme trás cenas lindas e simbólicas e a grande luta do filme se passa sozinho, no silêncio do espaço.

  Na verdade, a história mesmo se passa quando a equipe chega ao espaço e enfrentam, realmente, alguns problemas para sair de lá, mas isso é o que introduz o filme. Não é a história de uma equipe que luta contra todo o tipo de coisa que os roteiristas conseguem imaginar para voltar como heróis para a Terra, muito pelo contrário. É a história de uma mulher que se vê lutando contra sua inexperiência para voltar para uma vida na Terra que ela nem sequer tinha motivos para voltar, mas ela continua seguindo em frente, se redescobrindo e se transformando, enquanto tudo na sua vida a puxa para baixo.

  O que marca o filme é a transformação da personagem, em o como ela precisou passar por uma situação impossível para perceber que ela tinha motivos para seguir em frente com seu dia a dia e o como vai aceitando isso aos poucos em sua cabeça. Para ser mais exata, é no como ela precisa renascer para continuar vivendo.

  O filme tem uma mensagem direta de superação, e tudo isso vale a pena por si só; mas as imagens feitas são espetaculares e conseguem convencer até quem não curte muito o gênero.

  Não sou a  melhor crítica de cinema do mundo, mas gosto de dizer o que as coisas me passam. O que esse filme passa é algo totalmente novo e motivador, para não dizer único. Tenho visto críticas maravilhosas a ele e eu realmente não sei o como falar mal. A direção foi maravilhosa e os efeitos ficaram perfeitos, tudo parece ter encaixado perfeitamente. Sem contar a música, que deu o toque final  - se é que faltava alguma coisa.

Trailer



Capas alternativas


Já viu que sou toda elogios pelo filme, né? Mesmo que não consiga ver no cinema, e os efeitos seriam um grande diferencial, assista em casa ou como der. Mas, se você tiver chance de ir ao cinema para ver, vá. É um filme surpreendente que vai te causar reações que você nem se lembrava que tinha. Só não digo que é o filme do ano porque ainda tem Em Chamas, que eu estou esperando desesperadamente e se Deus quiser vai me surpreender ainda mais. 








14 comentários:

  1. Respostas
    1. Você está proibido de comentar nessa página, mozinho. Mas o avatar ficou daora. Quem desenhou? <3

      Excluir
  2. Olá, passei apenas pra dizer que já estou te seguindo e voltarei aqui futuramente pra fazer comentários sobre os posts.
    Seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    Beijinhos

    Quem seguir no insta, sigo de volta http://instagram.com/theworldofmari

    ResponderExcluir
  3. Realmente esse film é ótimo. Fui ao cinema algumas semanas atrás com meu namorado e quando vimos que o nome era "Gravidade" a gente ficou super curiosos pq o cenário era o espaço, o vácuo onde não há som.
    E confesso que o filme surpreendeu, pq mesmo sem aqueles fundos sonoros próprios da Terra que estamos acostumados a ouvir, tinha uma trilha sonora muito legal.
    .
    Sua resenha ficou ótima e adorei seu blog. Até o próximo post.
    leiagarotaleia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem do tipo que surpreende mesmo, não é?
      Fico feliz que tenha gostado! Vou passar no seu (=

      Excluir
  4. Com certeza esse filme vou assistir, apesar de não ser muito fá de filmes, a minha mulher é oposto de mim e com essa resenha bem feita em detalhes aguçando a minha curiosidade que você tão bem a fez sobre ele, acha mesmo que vou perder ?
    Agora venho agradecer por ter me seguido no meu blog e ...
    Convite :
    Convido para que faça parte do meu mosaico, seria bem legal se fizesse parte dele

    Beijos e abraços

    RMourão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há resenhas mais detalhadas, mas fico com medo de spoilar e acabo só falando "por cima". Obrigado pela visita, vou dar uma olhada no mosaico ^_^

      Excluir
  5. Super legal!!! Adoro filme com esse clima meio suspense, vou assistir quando tiver a oportunidade : D
    Bjão

    http://sweetpoisonteen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, senti falta dos teus comennts! Assista sim :)
      Beijos!

      Excluir
  6. Hum esse filme não faz meu estilo não curti a estoria e não pretendo assistir mas quem sabe um dia né, ah estou louquinha pra ver Em Chamas contando os dias pra estreia hehe

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Potinho, se você não morasse tão longe ia te recrutar para ir comigo ver Em Chamas. Você podia vir p o RJ de novo u.u

      Excluir
  7. Oi, Josy!
    Eu estava louca para assistir mas com essa correria de vestibular nem deu para eu ir, mas já reservei um dia especial para Em Chamas, os trailers estão incríveis, meu coração já não aguenta mais de tanta ansiedade! rsrsrs
    Beijinhos,
    Scar.
    http://wonderlandmundodoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh, perdeu um dos melhores filmes do ano D:

      Excluir